En

Anatomia do Piano

Anatomia do Piano é um espetáculo que propõe a desconstrução do instrumento que será talvez o mais influente da história da música ocidental.

Resultado duma evolução tecnológica notável e de séculos de repertório, práticas e rituais, o piano é um instrumento-ícone. Em Anatomia do Piano, mais do que um instrumento, o piano é um lugar, um ser com vida, uma escultura, um palco, a casa onde a música habita e de onde brotam histórias sem palavras, feitas de sons, de imagens e de corpo.

Concebido enquanto estrutura aberta que acolhe vários quadros multidisciplinares, "Anatomia do Piano" é um espetáculo mutável que vive da cumplicidade entre artistas que exploram territórios do teatro, da dança, da imagem e das artes visuais a partir duma base musical que estabelece pontes entre os vários discursos.

Anatomia do Piano propõe a reinvenção do piano, não só sonora como teatral. Procura expandir o léxico tímbrico e explorar diferentes formas de fazer soar o instrumento.

Convida o espetador a descobrir pormenores normalmente ocultos, a procurar pontos de vista e de escuta, a construir mundos imaginários onde as fronteiras das várias artes

se tornam fluídas. Mais do que uma ruptura, propõe múltiplas continuidades, múltiplos sentidos, e pretende estabelecer um território poético onde seja possível e natural viajar por paisagens sonoras e visuais que habitualmentese encontram compartimentadas. O piano emerge assim como o grande protagonista duma obra de arte total.

Anatomia do Piano, é um espetáculo dirigido a famílias, mas não é um espetáculo previsível ou fechado.

Está na origem da Constelação ADP, um conjunto de ideias artístico-educativas de que faz também parte o projecto Pianoscópio, recentemente estreado no CCB e apresentado na Semana Aberta de Ciência e Tecnologia. E poderá vir a originar outras ideias ainda e tomar outras formas, à medida que se vai descobrindo o âmago do instrumento e chegando mais perto da alma da música.

Conceção e Produção Companhia de Música Teatral/ Criação Artística Paulo Maria Rodrigues, Pedro Ramos e Ana Guedes/ Intérpretes Paulo Maria Rodrigues e Pedro Ramos/ Co-produção Casa das Artes

A Anatomia do Piano é a melhor forma de conhecer o interior do instrumento que tem acompanhado a humanidade há séculos. Depois deste espetáculo, terão finalmente a certeza que o piano é um instrumento de teclas cordas, é tocado pelos dedos martelos e que existem sempre bailarinos e cavalos por perto (imaginários ou reais). A toda esta mistura acrescentamos o humor e composição característicos da Companhia de Música Teatral que, vão por mim, é simplesmente fenomenal.

Simão Graça Leal, 13 anos

... esta "anatomia do piano" da companhia de música teatral, traz um registo inteiramente próprio, criativo, ousado e de resultado excelente. É uma vital afirmação de que todas as artes são outra também.

Castro Guedes, diretor artístico do Dogma 12

... aqui se agita forte a felicidade das pequenas simplicidades que nos temperam os dias, como os harmónicos que fervilham impacientes na caixa do piano que contemplamos e em nós ressoa. ...Sobrevoamos por cima do tempo e do espaço. E de repente todos somos crianças.

Luís Zagalo, programador

1 / 5

Casa das Artes / V. N. de Famalicão

DeCA / Universidade de Aveiro

DeCA / Universidade de Aveiro

Teatro Sá de Miranda /
Viana do Castelo

Casa das Artes / V. N. de Famalicão

DeCA / Universidade de Aveiro

DeCA / Universidade de Aveiro

Casa das Artes / V. N. de Famalicão

DeCA / Universidade de Aveiro

Fotografias por António Teixeira e Universidade de Aveiro

CRONOLOGIA DE ESPETÁCULOS

  • PREMIÉRE: 04/12/12, TEATRO SÁ DE MIRANDA,
    VIANA DO CASTELO
    AUDITÓRIO DE S. MATEUS,
    ELVAS
    CASA DAS ARTES,
    V.N. FAMALICÃO
    TEATRO PAX JULIA,
    BEJA
    FESTIVAIS DE OUTONO,
    DECA-UA, AVEIRO
    NEXT LIBERTY,
    GRAZ, AUSTRIA
  • CASA DA MÚSICA,
    PORTO
    FESTIVAL BIG BANG,
    CENTRO CULTURAL DE BELÉM
    CINETEATRO CURVO SEMEDO,
    MONTEMOR-O-NOVO
    TEATRO MUNICIPAL DA GUARDA,
    GUARDA

Ficha técnica

Download
ficha técnica

Download
notas de produção

Com o apoio de: